Teletime – Marcos Urupá

Em posicionamento divulgado nesta quarta-feira, 5, a Associação Brasileira de Provedores de Internet e Telecomunicações (Abrint) diz que qualquer debate sobre a reforma tributária deve compreender o novo panorama da oferta da banda larga Brasil – sob pena de, se não o fizer, acarretar no aumento do gap digital no país. A associação defende a instalação do Imposto sobre Valor Adicionado (IVA) como a saída para os negócios que envolvem prestação de serviços.

Na avaliação da entidade setorial, a reforma tributária deve ser global, com base em um único imposto sobre valor agregado, plenamente não cumulativo, cobrado no destino e com regime de créditos efetivo e diretamente compensáveis. A entidade também defende a desoneração total da folha de pagamento, pois acredita que a intensificação dos benefícios da reforma permitiria tal medida.

Leer más: https://teletime.com.br/05/08/2020/abrint-defende-iva-na-reforma-tributaria-e-consideracao-a-essencialidade-da-internet/

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here