Tele.síntese

Preocupadas em garantir o serviços em sua plena capacidade, as operadoras de telefonia e gestoras de torres de telecomunicações pedem urgência às prefeituras de todo o país na aprovação de pedidos para a instalação de antenas e torres de celular, as chamadas estações de rádiobase (ERBs). Isto porque o governo federal decretou como serviço essencial neste período de pandemia, os serviços de internet e telecomunicações, que garantem a segurança da população e o dinamismo da economia.

Com essa preocupação, a Associação Brasileira de Infraestrutura para as Telecomunicações (Abrintel) começou a enviar cartas à várias autoridades de todo o país, começando por São Paulo, Rio de Janeiro, Londrina (PR) e Belo Horizonte (MG), alertando para a dificuldade existente na legislação local para a implantação emergencial de antenas. A organização representa oito empresas, que detêm mais de 60% das infraestruturas instaladas no Brasil (mais de 45 mil unidades).

Leer más: http://www.telesintese.com.br/abrintel-pede-urgencia-na-aprovacao-de-antenas/

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here