Ancine admite falhas no Fundo Audiovisual, como apontou TCU

0
425

Tele.síntese – Lúcia Berbert

A Agência Nacional do Cinema (Ancine) disse, em nota divulgada nesta segunda-feira, 1º, que ainda não foi noticiada da decisão do Tribunal de Contas da União (TCU), que determinou a suspensão dos repasses de recursos públicos ao setor de audiovisual. A agência, mesmo baseada em ‘rumores’ admite problemas na análise das contas das entidades beneficiadas e afirmou que, nos últimos 10 anos, a movimentação de projetos na autarquia foi alavancada de forma muito superior à sua capacidade operacional. “Foram anos e anos aprovando e liberando recursos para projetos em limite acima do possível de ser operacionalizado, principalmente no tocante à análise das contas”, diz a nota.

A Ancine pede calma ao mercado regulado do setor de audiovisual, afirmando que é necessário, após recebimento formal do acórdão, avaliar  os impactos técnicos e jurídicos, bem como as necessidades de ajuste que se farão necessárias. “O TCU não realizou um comando direto de interrupção. No entanto, uma enorme carga de mudanças se faz necessária para que consigamos atender à todas as determinações e recomendações do órgão de controle”, ressalta a agência na nota. Diz também que a indústria audiovisual tem crescido a incríveis 9% ao ano e todo esforço será realizado para mitigar os impactos.

Leer más: http://www.telesintese.com.br/ancine-reconhece-problemas-na-gestao-de-repasses-do-fsa-ao-comentar-decisao-do-tcu/

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here