Baigorri: ‘Huawei não consegue cumprir requisitos para a rede privativa do governo’

0
93

Teletime – Mariana Sgarioni 

O conselheiro da Anatel Carlos Baigorri, relator do edital 5G, afirmou que “os requisitos quanto aos equipamentos que deverão ser utilizados na rede segura de governo exigem padrões de transparência e de governança de acordo o mercado acionário brasileiro. A Huawei não consegue, neste momento, cumprir esses requisitos”. Baigorri ressaltou que, entretanto, “cabe ao Ministério (das Comunicações) estabelecer e esclarecer esses critérios”. O relator fez a declaração ao Mobile Time, após se reunir com parlamentares do GT (Grupo de Trabalho) da Câmara dos Deputados destacado para acompanhar o processo de implantação de 5G no Brasil, na manhã desta quinta-feira, 4.

A deputada Perpétua Almeida (PCdoB/AC), coordenadora do grupo, levantou a possibilidade de a portaria 1924/2021 publicada pelo Ministério das Comunicações, com diretrizes para o leilão 5G, ter sido uma estratégia do governo para “camuflar” o impedimento da chinesa Huawei na disputa pela implementação da rede privativa. “Não é possível fazer referência apenas a um decreto no relatório (da Anatel para o edital de 5G), pois decretos podem cair. Sem contar que está claro que esta portaria camufla a intenção de barrar a participação de algumas empresas fornecedoras”, considera ela, referindo-se à chinesa Huawei.

Leer más: https://teletime.com.br/04/02/2021/mcom-busca-apoio-de-parlamentares-para-que-criem-emendas-para-o-programa-wi-fi-brasil/

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here