Brasil | Algar Telecom acusa rivais de praticarem gun jumping na compra da Oi Móvel

61

Tele.síntese – Rafael Bucco

O processo que tramita no Cade para avaliar se Claro, TIM e Vivo agiram corretamente ao comprar a Oi Móvel recebeu nova contribuição da Algar Telecom. Na última semana, a empresa mineira enviou nova manifestação na qual acusa as rivais de práticas ilegais e pede a anulação do leilão.

Também as acusa de gun jumping. O gun jumping é caracterizado quando empresas sujeitas a regulação fecham negócio sem anuência prévia dos reguladores. Por exemplo, o Cade considerou que houve gun jumping no Brasil em 2019, quando a IBM finalizou a compra da Red Hat e realizou a fusão com a empresa de software antes da autorização da autarquia. Isso gerou multa de R$ 57 milhões às envolvidas.

Em suma, a Algar Telecom acusa Claro, TIM e Vivo de formarem um consórcio ilegal para comprar os ativos da Oi Móvel e não avisarem com antecedência o Cade.

Mais informações: https://www.telesintese.com.br/algar-telecom-acusa-rivais-de-praticarem-gun-jumping-na-compra-da-oi-movel/