Brasil | Anatel vai avaliar a qualidade do 5G DSS

96

Tele.síntese – Rafael Bucco

Embora o ministro das telecomunicações continue a defender que as operadoras deixem de chamar o 5G DSS de 5G, o padrão está cada vez mais solidificado nos regulamentos setoriais. A área técnica da agência concluiu no final de junho sua proposta de Manual Operacional do Regulamento de Qualidade dos Serviços de Telecomunicações, conhecido internamente por MOP. E o documento prevê a aferição da qualidade do 5G DSS, assim como do 5G NSA e do 5G Standalone.

O MOP traça as métricas para que a agência atribua diferentes selos de qualidade a serviços móveis, de banda larga fixa, de telefonia fixa e de TV paga. O manual estabelece as métricas mínimas para que o serviço tenha a qualidade avaliada, dentro da tecnologia utilizada.

No móvel, o padrão 2G, por exemplo, não será considerado na atribuição das notas. O 4G deverá ter velocidade de no mínimo 5 Mbps e upload de 1,5 Mbps e tempo de resposta (latência) bidirecional de 100 milissegundos.

Mais informações: https://www.telesintese.com.br/anatel-vai-avaliar-a-qualidade-do-5g-dss/