Brasil | Brisanet compete bem contra grandes telcos, diz BTG Pactual

Operadora está apenas atrás da Oi em nível de clientes conectados e na frente de Claro, TIM e Vivo no Nordeste. No segmento de fibra, lidera, favorecida pela baixa penetração de ultra banda larga na região.

92

Tele.síntese

A Brisanet está competindo “incrivelmente bem” contra grandes operadoras e que está quase alcançando a Oi, afirma o relatório do BTG Pactual de ontem, 21. O banco estima que a empresa terminará 2021 com receita de R$ 731 milhões. Em 2022, a companhia irá faturar R$ 1,02 bilhão e, em 2023, R$ 1,48 bilhão.

Nos próximos três anos, o lucro líquido avançará para R$ 31 milhões, R$ 125 milhões e R$ 144 milhões, respectivamente. Em 2021, o EBTIDA da Brisanet chegará a R$ 288 milhões neste ano, R$ 461 em 2022 e R$ 713 em 2023.

A empresa lidera entre os provedores regionais do Nordeste se aproveitando da baixa penetração e alta demanda por conectividades de ultra banda larga. Assim, a Brisanet cresceu a uma média de 58% em 2020 e 2021. O contexto competição no Nordeste é menos acirrado do que em outros partes dos países e operadoras estão crescendo sem precisar tirar clientes um dos outros.

Mais informações: https://www.telesintese.com.br/brisanet-compete-bem-contra-grandes-telcos-diz-btg-pactual/