Brasil | Derrotados no leilão vão em busca de parcerias

Empresas que fizeram lances no leilão de 5G mas não conseguiram comprar frequência estudam modelos.

108

Valor – Denis Kuck e Ivone Santana

As empresas que perderam a chance de arrematar lotes no leilão de 5G não pretendem ficar fora do processo de adoção da tecnologia, que tem potencial para impactar vários setores da economia. A estratégia é buscar acordos e parcerias com os grupos que saíram do certame habilitados para operar o novo padrão de comunicação no país.

Tomas Fuchs, presidente do Grupo Datora, que apresentou proposta por meio da VDF, tem interesse em prestar serviços de internet das coisas (IoT) para o agronegócio. A VDF disputou a faixa de 700 MHz, levada pela Winity.

“Foi como chegar no parquinho e alguém chutar a bola para longe”, brincou Fuchs. “Estamos abertos e conversando com eles [Winity] para utilizar essa frequência tão importante para o agronegócio brasileiro.

Leia mais: https://valor.globo.com/empresas/noticia/2021/11/08/derrotados-no-leilao-vao-em-busca-de-parcerias.ghtml