Brasil | GAISPI precisa dar sinal verde para antecipação das operações de 5G

148

Teletime – Samuel Possebon

A Anatel deixou aberta a possibilidade de antecipação da entrada em operação do 5G na faixa de 3,5 GHz em áreas ou municípios específicos, mas isso dependerá de aprovação do GAISPI (Grupo de Acompanhamento da Implantação das Soluções para os Problemas de Interferência) e de estudos técnicos que assegurem não haver riscos de interferência do 5G sobre a recepção dos sinais de TV nas parabólicas. Esta foi a sugestão trazida no voto do conselheiro Moisés Moreira no edital de 5G, que prevaleceu com a maioria dos votos no conselho favoráveis.

Isso significa que dificilmente a ativação das redes de 5G acontecerá assim que os termos de autorização forem assinados, mas tampouco será obrigatoriamente necessário esperar 300 dias, como estava previsto na redação original do edital. O ministro das Comunicações Fábio Faria já citou a expectativa de que as primeiras operações possam ser ativadas ainda este ano, mas isso depende de uma antecipação significativa no cronograma de limpeza da faixa.

Leia mais: https://teletime.com.br/24/09/2021/gaispi-precisa-dar-sinal-verde-para-antecipacao-das-operacoes-de-5g/