Brasil ganha novo Centro de Referência em IoT e Tecnologias 4.0

O Ministério da Ciência inaugurou o projeto para testar aplicações de Internet das coisas na saúde, na agricultura, na indústria, entre outras áreas.

0
137

Leer en español

O Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI) do Brasil inaugurou o Centro de Referência IoT e Tecnologias 4.0 em Sorocaba, na última semana, em parceria com o Centro Universitário Facens.

Segundo a pasta, o objetivo do projeto é possibilitar demonstrações práticas de soluções em IoT (Internet das coisas, na sigla em inglês) nas áreas definidas pelo ministério como prioritárias no Plano Nacional de Internet das Coisas, como Cidades 4.0, Saúde 4.0, Agro 4.0 e Indústria 4.0.

O local deve oferecer programas de ensino, formação, popularização e divulgação da ciência e tecnologia no país com o engajamento da indústria, academia e governo.

“Em um momento tão difícil para o mundo inteiro, a gente vê a importância da união, de todos trabalharem juntos para ter sucesso”, afirmou o ministro Marcos Pontes.

O deputado federal Vitor Lippi, que também estava presente na inauguração, deu destaque para a possibilidade de criar novas soluções e de gerar empregos.

“A gente tem nessa parceria da Facens com o Ministério aquilo que entendemos como a melhor forma de trazer resultados por meio da ciência, tecnologia e inovações: a tríplice hélice, governo, centros de pesquisa e indústria. Isso faz com que os recursos públicos que vão para a ciência e tecnologia gerem soluções para a sociedade, riqueza e empregos que tanto precisamos”, comentou o parlamentar.

O projeto faz parte do Acordo de Cooperação Técnica para inovação digital assinado durante a inauguração entre o Parque Tecnológico de Sorocaba, a Facens e o MCTI.

O Centro de Referência será integrado ao 5G Smart Campus Facens, uma parceria entre a universidade, a Ericsson, a Embratel e a Claro, criado para empresas, startups e academia testarem produtos e serviços utilizando a quinta geração da rede móvel.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here