Brasil | Horus, de drones, leva a outros setores inteligência artificial criada para a soja

Braço da startup que trabalha com as indústria de energia e telecomunicações cresceu 200% no ano passado.

137

Valor – José Florentino

A startup de drones Horus procurou a Fundação Certi para desenvolver um software de Inteligência Artificial (IA) capaz de identificar plantas daninhas nas lavouras de soja a partir de imagens captadas pelos equipamentos. Mas a empresa descobriu que a tecnologia de análise massiva de dados poderia ser aplicada também em outras culturas e, até mesmo, em outros setores. No ano passado, o braço da startup que trabalha com as indústrias de energia e telecomunicações cresceu 200%.

De acordo com o coordenador de Inteligência Artificial da Certi, José Lacerda, a novidade dá mais autonomia aos agricultores, diminui riscos e aumenta os lucros. Cálculos mostram que essas ervas daninhas reduzem em 15% a produtividade da agricultura global.

Leia mais: https://valor.globo.com/agronegocios/noticia/2021/11/09/horus-de-drones-leva-a-outros-setores-inteligencia-artificial-criada-para-a-soja.ghtml