Brasil | IBGE vai comprar 180 mil chips 4G para censo 2022

99

Convergência Digital – Ana Paula Lobo

Do último censo realizado em 2010 para o que está por vir em 2022, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) reviu toda a infraestrutura de TI, até porque, no ano que vem, todos os dispositivos móveis de coleta (DMC), contratados com a Positivo, vão usar chips 3G ou 4G para a transmissão, em tempo real, dos dados coletados.

Tanto que uma licitação para a aquisição de 180 mil chips está para ser lançada pelo IBGE, revelou Carlos Renato Cotovio, diretor de Informática, em entrevista ao Convergência Digital. Mas, mesmo prevista para começar a operação em abril do ano que vem, não haverá espaço para o uso do 5G. “Os DMCs foram contratados em 2020 e não havia ainda a possibilidade do 5G”, explica. Uma das ações do IBGE foi a de reestruturar todos os centros de informática, ainda chamados de CPDs, em todas as capitais do país.

“O nosso nó principal está no Rio de Janeiro, mas temos CPDs em todas as capitais e no Distrito Federal. É uma infraestrutura própria baseada em MPLS, com garantia de qualidade de serviço. A nuvem entra para ajudar na coleta dos dados. A nuvem privada, nossa, fica com os dados mais sensíveis, mas os dados que não são considerados estratégicos colocamos na nuvem pública, no Azure, da Microsoft. Estamos avaliando a rede do governo federal como órgão do ministério da Economia para multicloud”, explicou Jose Luiz Thomaselli, coordenador de Serviços de Informática.

Mais informações: https://www.convergenciadigital.com.br/Telecom/IBGE-vai-comprar-180-mil-chips-4G-para-censo-2022-58690.html