Brasil | Inatel Startups e Siemens fecham parceria em programa de apoio a empresas incubadas

Proposta tem como objetivo apoiar as empresas da Incubadora com o que há de mais novo no mercado, em ferramentas Siemens para o desenvolvimento de softwares e produtos.

112

Inatel

O Inatel Startups e a Siemens firmaram uma parceria para beneficiar as empresas que participam da incubadora da instituição em Santa Rita do Sapucaí. A partir de agora, elas passam a integrar o programa de apoio à aceleração Startup com Siemens. A Incubadora do Inatel é a segunda do Brasil a firmar essa parceria com a gigante de tecnologia.

A proposta tem como objetivo apoiar as empresas com o que há de mais novo no mercado, em ferramentas Siemens para o desenvolvimento de softwares e produtos. Segundo a executiva da Siemens, Larissa Nunes, que representa a iniciativa de incentivo às startups, as empresas em incubação e aceleração receberão todo o apoio necessário para desenvolver seus projetos. “Primeiro, a gente conversa com a startup, entende o projeto dela e, depois disso, a gente indica o software. Ou se ela já conhece os softwares da Siemens, ela fala qual software ela vai querer usar dentro da sua empresa”, conta.

Ao todo, 250 empresas no Brasil e na América do Sul usufruem do apoio da multinacional. Além da disponibilização dos programas, as startups também terão acesso a treinamentos para utilizar os softwares da melhor maneira possível. “A gente tem um treinamento em que a Siemens disponibiliza uma plataforma online, toda em ensino a distância, onde as pessoas que têm acesso a licença, têm também acesso a esse treinamento”, diz.

Para a executiva, a parceria é de grande importância não apenas para as empresas incubadas no Inatel, mas também para a multinacional. “A Siemens é uma empresa de digitalização, uma empresa focada em indústria 4.0 e em tecnologia. Então, para a gente, faz todo sentido investir nesse apoio para as empresas crescerem e tornarem a América do Sul com foco maior em tecnologia em relação a outras áreas”, avalia.

“Para o Inatel, a parceria com a Siemens vem fortalecer ainda mais o ecossistema de tecnologia, inovação e incentivo ao empreendedorismo para os nossos alunos e egressos que estão em nossa Incubadora. Com este trabalho em conjunto reafirmamos a capacidade do Inatel em formar alunos que ingressam no mercado de trabalho com experiência”, afirma o diretor do Inatel, Carlos Nazareth Motta Marins.