Brasil | “Não abro mão do meu voto”, diz Moisés Moreira, sobre adiamento da votação do 5G na Anatel

77

Mobile Time – Mariana Sgarioni

“Eu nunca faltei a nenhuma reunião do conselho. Este tipo de justificativa para o cancelamento (da reunião sobre o edital 5G) usando meu nome é uma maldade”. Foi com estas palavras, indignado, que o conselheiro Moisés Moreira, da Anatel, começou a conversa com Mobile Time. Agendada para esta sexta-feira, 10, a votação do conselho foi adiada a pedido do relator do texto Emmanoel Campelo. Houve rumores de que este adiamento teria sido por conta da dificuldade de encontrar Moreira, o que ele nega com veemência.

O conselheiro contou que, de fato, desligou o celular por volta das 10h30 da manhã para se concentrar no texto de seu voto – que era abertamente divergente do voto do relator. Entretanto, em nenhum momento ficou incomunicável e, como sempre fez, entraria na reunião no horário previamente agendado. “Eu já havia conversado com Emmanoel, e dito que faria um voto divergente. Os motivos pelos quais ele pediu o cancelamento, quem tem que explicar é ele, não eu. Eu não pedi para desmarcar reunião nenhuma”, disse.

Leia mais: https://www.mobiletime.com.br/noticias/10/09/2021/nao-abro-mao-do-meu-voto-diz-moises-moreira-sobre-adiamento-da-votacao-do-5g-na-anatel/