Brasil | Pleito das TVs não é contemplado pela Anatel no edital do 5G

A antecipação do serviço celular em localidades e polígonos de cidades não irá depender da limpeza completa da faixa de 3,5 GHz para os sinais de TV ou de satélite, responde a comissão de licitação.

147

Tele.síntese – Miriam Aquino

A antecipação da oferta de serviços 5G em cidades e localidades que não estão listadas nos compromissos de cobertura listados no edital  poderá ocorrer com mais facilidade, após os esclarecimentos da agência reguladora aos questionamentos formulados pela Abert e Abratel  em relação a cláusulas do edital do 5G e que foram divulgados hoje, 16, pela Anatel. As duas entidades representativas das emissoras de TV comerciais enviaram dois questionamentos em relação a essa antecipação, que foi determinada pelo Tribunal de Contas da União (TCU).

Conforme publicado pelo Tele.Síntese, o setor de radiodifusão pretendia que a Anatel esclarecesse se a prestação do serviço de celular em novas localidades só poderia ocorrer se condicionada à inexistência de serviço fixo por satélite (FSS) e também à inexistência de recepção do sinal de televisão aberta e gratuita na faixa. 

Leia mais: https://www.telesintese.com.br/pleito-das-tvs-nao-e-contemplado-pela-anatel-no-edital-do-5g/