Brasil | Qualcomm quer contribuir para acelerar inovação no país

O presidente para a América Latina, Luiz Tonisi, falou da velocidade de implantação do 5G e as novas soluções em conectividade oferecidas pela companhia.

143

Agência Conexis

A apresentação do presidente da Qualcomm América Latina, Luiz Tonisi, no keynote setorial que abriu a agenda vespertina do Painel Telebrasil, nesta terça-feira, foi focada no 5G ou, mais precisamente, na velocidade com que a tecnologia vem sendo adotada e na oferta de soluções e produtos da companhia que têm tudo para transformar o cotidiano no curto prazo.

Depois de apresentar números impressionantes do 5G no mundo – em torno de 170 operadoras com lançamento comercial, 750 milhões de smartphones 5G a serem vendidos em 2022, expectativa de pelo menos 1 bilhão de conexões até 2023 e geração de vendas globais calculadas em 13,1 trilhões até 2035 -, Tonisi comentou que as mudanças atualmente em curso, para adoção da nova tecnologia, estão ocorrendo de forma muito mais rápida no comparativo com a transição do 3G para o 4G.

Com investimentos em pesquisa e desenvolvimento estimados em US$ 71 bilhões, no acumulado dos últimos anos, a Qualcomm, segundo Tonisi, está pronta para facilitar o processo dessa transformação digital e contribuir para acelerar o processo de inovação no Brasil.

Por meio da plataforma 5G, que ele define como “dos humanos e das máquinas”, dispositivos de última geração, plugados em redes alta conectividade, devem mudar por completo a realidade de segmentos como saúde, indústria, transportes, agricultura, varejo e muitos outros.

A Qualcomm, conforme adiantou Tonisi, contribuirá nesse processo com o fortalecimento de sua linha de soluções, a começar pela família Snapdragon, com o crescimento do portfólio de produtos. O executivo mencionou ainda a importância da combinação do 5G com mmWave, para atender as demandas de locais de alta densidade populacional, lembrando que a companhia conta com mais de 120 dispositivos já disponíveis (smartphones, CPEs, PCs, Hotspots etc) ou em fase de lançamento.

O executivo destacou também, no contexto do leilão da nova tecnologia, as oportunidades que o 5G FWA traz para o Brasil. Falou sobre o Wi-Fi 6E, com extensão para a faixa de 6GHZ, emendando no detalhamento da parceria da Qualcmom com a Intelbras que une recursos no desenvolvimento, no Brasil, de um inédito CPE.

Tonisi concluiu, falando sobre a bem-sucedida experiência com a montagem de uma manufatura flexível baseada em IoT e adiantando os avanços obtidos pela Qualcomm na ação casada com a indústria automobilística, a fim de promover experiências premium.