Brasil | Reclamações sobre serviços de telecom caem 28,4% em novembro

Dados divulgados pela Anatel mostram que uma queda de mais de 64 mil queixas entre novembro de 2020 e novembro de 2021. Mês teve o menor registro de reclamações do ano.

93

O número de reclamações de usuários dos serviços de telecomunicações caiu 28,4% em novembro de 2021 na comparação com o mesmo mês do ano passado, segundo dados da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel).
 
Em novembro de 2020 foram registradas 226.473 reclamações, já em novembro deste ano elas caíram para 162.195, uma redução de 64.278 queixas. O mês teve o menor número de queixas de 2021.
 
A redução vem seguindo a tendência registrada nos últimos anos. O número de queixas de novembro de 2021 está 37,9% abaixo da média registrada no mesmo mês dos últimos cinco anos.
 
“As reclamações de usuários de telecom registraram quedas em todos os meses de 2021. Desde abril, registramos reduções acima de 20%. Resultado dos altos investimentos feitos pelas prestadoras. De janeiro a setembro, o setor já investiu R$ 25,5 bilhões, um aumento de 4,8% em relação ao mesmo período de 2021 ”, disse o presidente executivo da Conexis Brasil Digital, Marcos Ferrari.
 
Ferrari destacou ainda a importância de medidas que melhoraram a relação com os consumidores, como a Não Me Perturbe. A plataforma Não Me Perturbe (www.naomeperturbe.com.br) permite o boqueio de ligações de telemarketing das empresas de telecomunicações e de oferta de crédito consignado.
 
Dados divulgados recentemente pela empresa de verificação de números de telefone Truecaller mostram que o setor não está entre os que mais fazem ligações indesejadas. Em 2019, antes da criação da Não Me Perturbe, o setor respondia por 48% das chamadas de telemarketing e em 2020 a participação caiu para 6%. Já em 2021, o setor não foi mais listado no ranking.

As quedas nas reclamações também são verificadas em outras plataformas, como o Procon. Em 2015, para cada 10 mil clientes de telecomunicações, 23 reclamaram. Em 2020, para cada 10 mil clientes houve 13 reclamações.
 
Todos os principais serviços de telecomunicações apresentaram redução nas reclamações nos últimos 12 meses. A maior ocorreu na TV por assinatura, cujo índice caiu 46,7%, de 18.662 para 9.952. No serviço de internet banda larga fixa as reclamações caíram 30,8%, de 55.923 para 38.707, e na telefonia móvel as reclamações caíram 19% em novembro em relação a novembro do ano passado, passando de 106.989 para 86.623.

*Com assessoria de imprensa.