Brasil | Somente 3,2% das escolas têm qualidade de internet para aulas online no Brasil

77
Pedro Menezes/Governo de Pernambuco

Convergência Digital

Um levantamento feito pela Fundação Lemann, com base nos dados disponíveis pelo Censo 2020 e pelo Medidor Simet, mostra que apenas 3,2% das escolas do Brasil cadastradas na plataforma desenvolvida pelo NIC.br têm velocidade adequada, em padrão internacional, para oferecer aulas online.

Na tentativa de mudar o cenário, a Lemann e o NIC.br lançaram a campanha Nossas Escolas Conectadas 2021, para apoiar secretarias de Educação e escolas de todo o país a instalar a ferramenta, que é gratuita. “Com o medidor, é possível ter um melhor diagnóstico da situação das escolas no país e formular soluções que aumentem o número de unidades conectadas com a velocidade de internet adequada”, explica a Fundação Lemann.

Atualmente o Simet já é usado em 27 mil das 140 mil escolas públicas do país. Mas os novos hábitos provocados pela pandemia de Covid-19 intensificaram os conteúdos online. E mesmo com o retorno em modelo híbrido, parte via internet, parte presencial, exige maior qualidade das conexões.

Leia mais: https://www.convergenciadigital.com.br/cgi/cgilua.exe/sys/start.htm?UserActiveTemplate=site&infoid=57189&sid=14