Brasil | UBS analisa edital do 5G e aponta que nem todos os lotes terão atratividade

192

Teletime – Bruno do Amaral

Com a publicação do edital do 5G, fica agora a expectativa de como será o leilão no dia 4 de novembro. Antes da aprovação final na Anatel, várias operadoras demonstraram interesse. Agora, estão estudando as condições da disputa, dos preços e dos compromissos. Um relatório publicado pela UBS nesta quarta-feira, 29, reúne a percepção dos analistas do banco de agora em diante. 

O relatório, assinado pelo analista Leonardo Olmos e pelos analistas associados Andre Salles e Victor Ricciuti, afirma que pode não haver tanta demanda para alguns dos lotes, embora coloque haver muitas combinações e estratégias. E nos lotes regionais, outros players podem acabar surgindo além da Brisanet.

Especificamente sobre a banda de 2,3 GHz, o documento aponta que a Anatel aumentou a atratividade ao colocar “quase nenhum limite de espectro” (o proponente pode adquirir os 50 MHz oferecidos), mas que a faixa tem limitações de equipamentos no 5G e haveria baixo interesse das operadoras. 

Mais informações: https://teletime.com.br/29/09/2021/ubs-analisa-edital-do-5g-e-aponta-que-nem-todos-os-lotes-terao-atratividade/