Brasil | UIT diz que país deve tomar mais medidas contra cibercrimes

De acordo com o Relatório de Riscos Globais 2020, do Fórum Mundial de Economia, nos próximos 10 anos os ciberataques serão o segundo maior risco que as empresas enfrentarão.

134

Valor – Assis Moreira

A União Internacional de Telecomunicações (UIT) recomenda ao Brasil tomar mais medidas para continuar melhorando sua segurança contra o cibercrime e sua posição no Índice Global de Segurança Cibernética (GCI, na sigla em inglês), que mede o compromisso dos países nessa área.

Entre 2018 e 2020, o Brasil melhorou sua posição no ranking do CGI, passando de 70ª para 18ª entre 193 países. O índice enfatiza cinco pilares que influenciam a construção da cultura de cibersegurança de uma nação: jurídica, técnica, organizacional, capacitação e cooperação.

“Desde a edição do Global Cybersecurity Index em 2018, o Brasil aprimorou as medidas legais relacionadas ao acesso ilegal a aparelhos (de informática), incentivou o desenvolvimento de capacidades promovendo treinamento e credenciamento de profissionais de cibersegurança, aumentou a pesquisa e desenvolvimento em cibersegurança, expandiu as medidas relacionadas à proteção online de crianças e promoveu a colaboração em cibersegurança com parceiros internacionais, entre outras ações”, nota a UIT.

Leia mais: https://valor.globo.com/empresas/noticia/2021/09/14/brasil-deve-tomar-mais-medidas-contra-cibercrimes-diz-uit.ghtml