Claro levará 4G a 89 localidades remotas de Minas Gerais

A operadora fechou o maior acordo com o estado e ficará responsável por conectar 60% dos locais do edital do programa Alô, Minas!

120

Leer en español

A Claro fechou um acordo com o governo de Minas Gerais e vai atender o maior lote do projeto Alô, Minas!, que tem o objetivo de acelerar a expansão de infraestrutura móvel no estado. A operadora vai oferecer seu 4G a 89 distritos e localidades, que representam 60% do total disponível no edital.

Além de atender regiões remotas do estado, as novas antenas também vão cobrir rodovias, como a BR-040 e a BR-381 na região metropolitana de Belo Horizonte, e as principais rotas de acesso a Juiz de Fora e ao estado de São Paulo.

Algumas das cidades beneficiadas são Belo Vale, Bocaina de Minas, Caeté, Cambuí, Conselheiro Lafaiete, Extrema, Juiz de Fora, Mariana, Muriaé, Muzambinho, Ouro Branco, Paraopeba, São Gonçalo do Sapucaí, São Tomé das Letras, Sete Lagoas, Três Pontas, Ubá e Viçosa.

Na semana passada, a TIM também firmou parceria para atender 38 localidades do programa Alô, Minas! De acordo com os dados do estado, a Vivo ficou responsável por 20 locais e, a Algar, por 8.

Alô, Minas!

Informações do governo de Minas Gerais indicam que, em julho, a iniciativa começou a ser implantada em oito distritos e localidades pela Algar. O lote 1 teve valor de R$ 3,97 milhões.

A fase seguinte teve como vencedoras a Claro, a TIM e a Vivo, e o valor total ultrapassou os R$ 69,6 milhões. As operadoras terão até 28 meses para instalar as antenas. 

Já os municípios contemplados têm a responsabilidade de disponibilizar terreno para a prestadora do serviço instalar a torre de telefonia por um período de 20 anos.