Teletime – André Silveira

Diferentemente do que foi publicado por este noticiário na segunda-feira, 12, a contribuição da Fundação Centro de Pesquisa e Desenvolvimento em Telecomunicações (CPqD) na consulta pública realizada pelo MCTIC sobre a estratégia 5G brasileira não sugeriu alterações das leis do Fust e Funttel. Houve um erro de interpretação por parte da reportagem.

A instituição enviou propostas sobre os itens de pesquisa, desenvolvimento e inovação (PD&I); aplicações; radiofrequência e segurança. A entidade quer que o governo dedique espectro para serviço limitado privado, bem como para conectividade rural. Também fala em implantar mecanismos de fomento à PD&I com a tecnologia móvel, especialmente para fins de segurança e defesa.

Leer más: https://teletime.com.br/13/08/2019/cpqd-sugere-espectro-para-utilities-e-para-iot-rural/

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here