Dados Pessoais: advogados são reação, não prevenção aos ataques cibernéticos

474

Convergencia Digital – Ana Paula Lobo

A Lei Geral de Dados Pessoais abre uma frente de trabalho para as empresas de Segurança da Informação, mas ainda há muito mais questionamentos do que planejamento efetivo por parte da maior parte das empresas nacionais, observa o country manager da Check Point para o Brasil, Claudio Bannwart. Em entrevista ao Convergência Digital, o executivo diz que a maior parte dos projetos está se baseando nas orientações da área Jurídica e é preciso repensar. 

“As empresas precisam investir em treinamento das pessoas. Não que a área Jurídica não seja importante. É claro que é, mas tudo vai mudar e na era da massificação da Internet das Coisas e do 5G, a proliferação dos ataques só vai aumentar. A proteção exigida será outra. O que existe hoje terá de ser aperfeiçoado”, afirma o Chief Marketing Officer da Check Point, Peter Alexander, que esteve no Brasil na semana passada para rodadas de negociação com clientes.

Leer más: https://www.convergenciadigital.com.br/cgi/cgilua.exe/sys/start.htm?UserActiveTemplate=site&infoid=50922&sid=18