Convergencia Digital – Luís Osvaldo Grossmann

O Comando de Defesa Cibernética do Brasil completa seu terceiro aniversário nesta segunda-feira, 15/4, em uma implementação sustentada na articulação e colaboração para garantir a proteção das infraestruturas críticas do país. E sustentada em investimentos diretos em formação e qualificação de pessoal. Desde 2015, já são mais de 1,2 mil cursos para militares das três Forças. 

“Começamos a estudar e nos capacitar e a aprender o que é isso desde 2010.  E desde 2015, quando o núcleo foi ativado, já foram contratados mais de 1,2 mil cursos para militares das três Forças. E houve um estudo muito completo e detalhado para definir as trilhas de conhecimento, as trilhas formativas, definindo os perfis de profissionais que precisamos. São 10 perfis com gestores de rede, operadores, etc. E cada perfil desse leva a um caminho de capacitação, que pode ser feito internamente às Forças ou contratar isso na rede especializada”, revela o comandante de defesa cibernética do Brasil, general Guido Amin Naves. 

Leer más: https://www.convergenciadigital.com.br/cgi/cgilua.exe/sys/start.htm?UserActiveTemplate=site&infoid=50460&sid=18

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here