Fábio Faria busca Elon Musk para investir em conectividade no Brasil

O ministro se encontrou com o fundador da SpaceX para prover Internet para o programa Wi-Fi Brasil e para monitorar a Amazônia.

188

Leer en español

O ministro das Comunicações do Brasil, Fábio Faria, foi aos Estados Unidos em busca de investimentos para conectar áreas remotas e a Amazônia. Desta vez, ele se encontrou com a presidenta da SpaceX, Gwynne Shotwell, e com o fundador da empresa, Elon Musk.

“Queremos fazer uma parceria com eles para fazer o programa do Wi-Fi Brasil, para conectar todas as escolas rurais que estão faltando, as comunidades indígenas, conectar todos os lugares remotos do Brasil”, disse o ministro em vídeo publicado no Twitter. Segundo Faria, a reunião com Shotwell vai gerar muitos frutos para o país.

Nesta segunda-feira, 15, ele também se reuniu com Musk e disse que, em breve, o empresário estará no Brasil para proteger a Amazônia utilizando a tecnologia da SpaceX no projeto Starlink.

De acordo com o governo, o objetivo é monitorar desmatamentos e incêndios ilegais na floresta e conectar lugares remotos com os 4.500 satélites em órbita da empresa de Musk.

“Estamos ansiosos para poder proporcionar conectividade para os menos conectados”, disse o empresário.

Em outubro, a SpaceX recebeu a permissão para oferecer Internet em todo o Chile por meio dos seus satélites de baixa órbita. A proposta da empresa é conectar áreas isoladas ou rurais do mundo, como no México, que são de difícil acesso por outras tecnologias.

O governo de Jair Bolsonaro é criticado pela intensificação de desmatamento e incêndios ilegais durante sua gestão. Dados do Instituto de Pesquisas Espaciais (Inpe) mostram que os anos de 2019 e 2020 tiveram as maiores áreas desmatadas desde 2008.