Faixa de 26 GHz: Claro, TIM e Vivo levam lotes nacionais; Fly Link e Neko também saem vencedoras

Segundo dia do leilão garante duas novas prestadoras de serviço móvel. Grande parte dos lotes na faixa de 26 GHz ficou deserta.

190

Leer en español

O segundo dia de leilão das frequências para 5G aconteceu nesta sexta-feira, 5, com a abertura das propostas para a faixa de 26 GHz. Claro, TIM e Vivo levaram os lotes nacionais, enquanto os lotes regionais ficaram divididos entre TIM, Algar, Fly Link e Neko.

Ainda assim, grande parte dos lotes ficou deserta. Isso se deve, segundo os atores consultados por esta reportagem, à alta oferta de espectro na banda de 26 GHz e ao fato de que ainda existem dúvidas sobre os modelos de negócios nesta faixa.

A Claro levou dois blocos nacionais de 200 MHz, praticamente sem ágio, sob o investimento de R$ 105,65 milhões. A Vivo garantiu três lotes nacionais de 200 MHz pelo preço mínimo. O valor a ser pago é de aproximadamente R$ 158,47 milhões.

Já a TIM adquiriu um lote nacional pelo valor de R$ 27 milhões e outros seis lotes para atender a região Sul, o estado de São Paulo e os estados do Rio de Janeiro, Espírito Santo e Minas Gerais, sob o investimento de R$ 47 milhões.

A Algar pagou R$ 5,34 milhões por cinco blocos de 200 MHz para levar 5G aos setores 3, 22, 25 e 33 – áreas de Minas Gerais, São Paulo, Mato Grosso e Goiás –, sua área de atuação.

Uma das novidades foi a Neko, associada à Surf Telecom, que garantiu um bloco de 200 MHz para atender o estado de São Paulo por R$ 8,49 milhões. A outra entrante é a Fly Link, uma prestadora de pequeno porte, que levou 200 MHz para atender os setores 3, 22, 25 e 33 por R$ 900 mil.

Somando com os valores do primeiro dia do leilão, a licitação movimentou mais de R$ 7,4 bilhões.

Veja o resultado da licitação da faixa de 26 GHz:

Lote G01 – Bloco de 200 MHz

Apresentaram propostas válidas:

Claro: R$ 52.825.000,00

Vivo: R$ 52.824.007,59

Vencedora: Claro, praticamente sem ágio.

Lote G02 – Bloco de 200 MHz

Apresentaram propostas válidas:

Claro: R$ 52.825.000,00

Vivo: R$ 52.824.007,59

Vencedora: Claro, praticamente sem ágio.

Lote G03 – Bloco de 200 MHz

Única proposta válida: Vivo R$ 52.824.007,59

Vencedora: Vivo, sem ágio.

Lote G04 – Bloco de 200 MHz

Única proposta válida: Vivo R$ 52.824.007,59

Vencedora: Vivo, sem ágio.

Lote G05 – Bloco de 200 MHz

Única proposta válida: Vivo R$ 52.824.007,59

Vencedora: Vivo, sem ágio.

*Os lotes de G06 a G10 foram declarados desertos porque não havia garantia de nenhum proponente.

*Os lotes de H01 a H18 foram declarados desertos porque não havia propostas.

Lote H19, para atender a região Sul – Bloco de 200 MHz

Proposta única: TIM R$ 8.000.000,00

Vencedora: TIM, com ágio de 6,12%.

*Os lotes de H20 a H24 foram declarados desertos porque não havia propostas.

Lote H25, para atender os estados do Rio de Janeiro, Espírito Santo e Minas Gerais – Bloco de 200 MHz

Proposta única: TIM R$ 11.000.000,00

Vencedora: TIM, com ágio de 8,55%.

*Os lotes de H26 a H30 foram declarados desertos porque não havia propostas.

Lote H31, para atender o estado de São Paulo – Bloco de 200 MHz

Proposta única: TIM R$ 12.000.000,00 

Vencedora: TIM, com ágio de 5,97%.

*Os lotes de H32 a H36 foram declarados desertos porque não havia propostas.

Lote H37, para atender os setores 3, 22, 25 e 33 (áreas de Minas Gerais, São Paulo, Mato Grosso e Goiás) – Bloco de 200 MHz

Proposta única: Algar R$ 935.000,00

Vencedora: Algar, com ágio de 14,55%.

Lote H38, para atender os setores 3, 22, 25 e 33 (áreas de Minas Gerais, São Paulo, Mato Grosso e Goiás) – Bloco de 200 MHz

Proposta única: Algar R$ 935.000,00

Vencedora: Algar, com ágio de 14,55%

Lote H39, para atender os setores 3, 22, 25 e 33 (áreas de Minas Gerais, São Paulo, Mato Grosso e Goiás) – Bloco de 200 MHz

Proposta única: Algar R$ 1.037.000,00

Vencedora: Algar, com ágio de 27,05%.

Lote H40, para atender os setores 3, 22, 25 e 33 (áreas de Minas Gerais, São Paulo, Mato Grosso e Goiás) – Bloco de 200 MHz

Proposta única: Algar R$ 1.037.000,00

Vencedora: Algar, com ágio de 27,05%.

Lote H41, para atender os setores 3, 22, 25 e 33 (áreas de Minas Gerais, São Paulo, Mato Grosso e Goiás) – Bloco de 200 MHz

Apresentaram propostas válidas:

Algar: R$ 1.399.157,00

Fly Link: R$ 900.000,00

Vencedora: Algar, com ágio de 71,42%.

Lote H42, para atender os setores 3, 22, 25 e 33 (áreas de Minas Gerais, São Paulo, Mato Grosso e Goiás) – Bloco de 200 MHz

Proposta única: Fly Link R$ 900.000,00

Vencedora: Fly Link, com ágio de 10,27%.

*Os lotes de I01 a I05 não serão abertos porque os lotes do tipo G já foram vendidos

Lote I06 – Bloco de 200 MHz

Proposta única: TIM R$ 27.000.000,00

Vencedora: TIM, com ágio de 2,22%

*Os lotes de I07 a I10 foram declarados desertos porque não havia propostas.

*Os lotes de J01 a J18 foram declarados desertos porque não havia propostas.

*O lote J19 não foi aberto devido a venda do lote H19.

Lote J20, para atender a região Sul – Bloco de 200 MHz

Proposta única: TIM R$ 4.000.000,00

Vencedora: TIM, com ágio de 6,12%.

*Os lotes de J21 a J24 foram declarados desertos porque não havia propostas.

*O lote J25 não foi aberto porque o H25 foi vendido.

Lote J26, para atender o Rio de Janeiro, Espírito Santo e Minas Gerais – Bloco de 200 MHz

Proposta única: TIM R$ 6.000.000,00

Vencedora: TIM, com ágio de 18,42%.

*Os lotes de J27 a J30 foram declarados desertos porque não havia propostas.

*O lote J31 não foi aberto porque o lote H31 foi vendido.

Lote J32, para atender o estado de São Paulo – Bloco de 200 MHz

Apresentaram propostas válidas:

Neko: R$ 8.492.917,16

TIM: R$ 6.000.000,00

Vencedora: Neko, com ágio de 49,99%.

Lote J33, para atender o estado de São Paulo – Bloco de 200 MHz

Proposta única: TIM R$ 6.000.000,00

Vencedora: TIM, com ágio de 5,96%.

*Os lotes de J34 a J36 foram declarados desertos porque não havia propostas.

*Os lotes J37 a J42 não foram abertos porque os lotes H37 a H42 foram vendidos.