Intel e Dedalus anunciam Centro de Excelência voltado para nuvem

O local servirá como um laboratório para testes de produtos, serviços e soluções dos clientes da Dedalus.

200

Leer en español

A Dedalus, empresa especializada em computação em nuvem e dados, anunciou nesta semana um novo Centro de Excelência focado em Cloud, uma parceria com a Intel

O espaço vai funcionar como um laboratório de testes para as empresas otimizarem seus produtos, serviços e soluções, e contará com a segunda geração dos processadores Intel Xeon escaláveis para essa otimização.

“O mundo cria 2,5 quintilhões de bytes a cada dia, mas somente uma fração muito pequena deles é utilizada. Por isso, estamos fazendo um movimento importante no Brasil para os negócios centrados em dados e o lançamento do novo Centro de Excelência da Dedalus é uma prova disso”, afirma André Ribeiro, diretor de Novos Negócios da Intel Brasil.

A estimativa da Dedalus é que 40% de todos os novos projetos da empresa passem pelo Centro de Excelência já no próximo ano, o que representa uma movimentação de cerca de R$ 55 milhões.

Nuvem no Brasil

O relatório Predictions Brazil 2021, do IDC, aponta que os gastos com infraestrutura e plataforma em nuvem pública no Brasil devem atingir US$ 3 bilhões em 2021, o que representa um crescimento de 46,5% em relação a 2020.

No modelo de nuvem privada, os investimentos podem chegar a US$ 614 milhões no final do ano. O maior crescimento vem de nuvens privadas como serviço, que avançarão 15,5% comparado ao ano passado.