Interferência nas parabólicas pode reduzir espectro para 5G

0
246

Convergencia Digital – Luís Osvaldo Grossmann

A garantia de convivência do 5G com a recepção das parabólicas, exigência da política pública expressa em Portaria do Ministério de Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, vai implicar em medidas adicionais para evitar a interferência. Entre elas, a redução do espectro disponível para a nova tecnologia, notadamente na ‘banda média’ a partir de 3,5 GHz. 

“Para garantir a recepção satelital pode ser necessário não só uma combinação de melhores filtros, mas uma definição de faixa de guarda, uma portadora menor, além de outras soluções específicas, como diminuição de potencia 5G, distanciamento, instalação de anteparos”, afirmou o presidente da Anatel, Leonardo de Morais, ao tratar do edital em evento online promovido pelo portal Tele.Síntese nesta sexta, 8/5. 

Leer más: https://www.convergenciadigital.com.br/cgi/cgilua.exe/sys/start.htm?UserActiveTemplate=site&infoid=53602&sid=17#.XrjD5RNKhR0

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here