Teletime – Henrique Julião

Dos oito blocos previstos na licitação da faixa de 26 GHz no leilão do 5G, pelo menos dois deveriam ser reservados para prestadoras de pequeno porte (PPP) como forma de incrementar a capacidade das redes operadas pelas empresas regionais. A proposta foi apresentada pela sócia da Telconsultoria, Katia Pedroso, durante o primeiro dia do encontro nacional da Abrint, realizado nesta quarta-feira, 5.

“São oito blocos de 400 MHz, então estamos falando de 3,2 GHz. Como política pública, tendo em vista que as empresas competitivas levam a expansão da banda larga, tem que reservar um ou dois dos blocos para os PPPs, ou um grande de 800 MHz”, argumentou a consultora, que participou de debate sobre infraestrutura entre o MCTIC e Abrint.

Leer más: http://teletime.com.br/06/06/2019/isps-devem-pleitear-ao-menos-dois-blocos-do-26-ghz-no-leilao-5g-diz-consultoria/

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here