Mais de 2,5 mil municípios brasileiros serão atendidos com fibra óptica

A Anatel divulgou a lista dos locais incluídos no quinto Plano Geral de Metas para a Universalização.

0
177

A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) aprovou nesta semana a lista de municípios e localidades incluídos no quinto Plano Geral de Metas para a Universalização (PGMU V), que ficará em vigor de 2021 a 2025.

A medida determina a instalação de redes de alta capacidade de transmissão de dados (backhaul) para acesso à Internet por fibra óptica em 380 cidades e 2.151 localidades que ainda não possuem essa tecnologia.

O PGMU V, aprovado em janeiro deste ano pelo presidente Jair Bolsonaro, prevê a instalação da infraestrutura pelas concessionárias de telefonia fixa de acordo com um cronograma: até o final de dezembro de 2021, pelo menos 10% dos locais devem ter a tecnologia; até o final de 2022, pelo menos 25% dos locais; até o final de 2023, pelo menos 45% dos locais e, ao final de 2024, todos devem ter fibra óptica.

O projeto atual revogou a obrigação de instalação de antenas 4G em 1.473 localidades, que seria escalonado de 2019 a 2023.

Para compensar, o PGMU V estabelece que as áreas que seriam atendidas pelo plano anterior serão priorizadas com telefonia móvel nos compromissos do edital do 5G, que determina as regras para o leilão das faixas de radiofrequências de 700 MHz, 2,3 GHz, 3,5 GHz e 26 GHz.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here