Tele.síntese – Miriam Aquino

Barcelona – “O Ministério da Ciência e Tecnologia não tem como fazer qualquer interferência geopolítica. A nossa posição é mais técnica. A decisão sobre a fabricante chinesa Huawei caberá ao presidente Bolsonaro”. Assim respondeu o ministro Marcos Pontes hoje, 26, no MWC19, a perguntas de jornalistas sobre como o seu ministério vai se posicionar frente a disputa que está sendo travada pelos blocos norte-americano e britânico contra a fabricante de equipamentos de telecomunicações chinesa, a Huawei, que tem uma forte presença no Brasil.

Ao lavar as mãos sobre o assunto, o ministro deixa a decisão para a esfera político-ideológica, sem perceber que hoje as maiores operadoras de telecomunicações brasileiras têm uma grande dependência  tecnológica da Huawei e seu banimento poderia não só encarecer o produto para as teles, como também adiar a implementação de novas tecnologias no Brasil, entre elas a 5G.

Leer más: http://www.telesintese.com.br/marcos-pontes-avisa-que-so-bolsonaro-pode-decidir-o-futuro-da-huawei-no-brasil/

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here