#Missão5G | BID promete envio de US$ 2 bilhões para melhorar conectividade no Brasil

Na viagem aos Estados Unidos, o ministro Fábio Faria tem conversado com autoridades e empresas para buscar investimentos.

125

Leer en español

O ministro das Comunicações do Brasil, Fábio Faria, informou no Twitter nesta quarta-feira, 9, que o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) liberou US$ 2 bilhões para ampliar a conectividade no Brasil.

“Eu pedi ao presidente [do BID] uma linha de crédito e incentivo para a gente levar Internet às pessoas que mais necessitam, que estão isoladas no mundo digital”, diz Faria em um vídeo publicado na rede social.

Dos US$ 2 bilhões, metade é destinado para contribuir com a transformação digital do país, segundo o presidente do BID, Mauricio Claver-Carone. A outra parte é destinada exclusivamente para a Amazônia.

Em abril deste ano, o banco anunciou a aprovação do financiamento do programa Brasil Mais Digital, no valor de US$ 1 bilhão, e, em março, foi anunciada a criação de um fundo para a Amazônia com US$ 20 milhões iniciais, podendo chegar a US$ 1 bilhão.

A comitiva liderada pelo Ministério das Comunicações está nos Estados Unidos desde o começo da semana para conhecer redes privativas do país norte-americano e buscar investimentos.

No segundo dia da missão 5G, as autoridades brasileiras visitaram o Departamento de Inteligência Nacional estadunidense, onde discutiram a segurança das cadeias de fornecimento do 5G, e se reuniram com representantes da Qualcomm, IBM, Motorola e com o Grupo Eurasia.

De acordo com Artur Coimbra, secretário de Telecomunicações do ministério, também foram abordados potenciais problemas políticos no cenário nacional e internacional no âmbito da implementação do 5G. “A discussão focou no acompanhamento da disputa econômica entre Estados Unidos e China e os impactos dela no cenário do 5G”, explicou.