Oi e Claro afirmam que Brasil não deve aderir à guerra dos EUA contra a Huawei

428

Convergencia Digital – Luís Osvaldo Grossmann

Na guerra comercial pela supremacia no 5G, o Brasil precisa pensar nos seus interesses e não aderir ao bloqueio americano aos equipamentos de rede chineses, que miram especialmente a Huawei. Como defenderam os presidentes da Claro, José Félix, e da Oi, Eurico Teles, ao participarem de debate no Painel Telebrasil 2019 nesta terça, 21/5, o setor de telecom no país viveria um “inferno” se o governo brasileiro decidir adotar mais esse alinhamento à politica dos Estados Unidos.

“Vou ser muito claro, acho inimaginável para um país pobre como o nosso, onde se fez investimento com tanta dificuldade, e ainda tanto tem para fazer, que se pense em substituição de rede de um fabricante importante e de ponta no negócio de tecnologia no mundo. Essa não é uma conversa para nós. Isso é para os Estados Unidos, para o Reino Unido, para o Japão. Deixa eles lá e nós ficamos quietos aqui”, disparou o presidente da Claro.

Leer más: https://www.convergenciadigital.com.br/cgi/cgilua.exe/sys/start.htm?UserActiveTemplate=site&infoid=50753&sid=8