Para Raul Katz, restrição à verticalização prejudica a competição no setor de TV paga

0
278

Teletime – Fernando Lauterjung y Samuel Possebon

Para o economista Raul Katz, PhD pelo Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT) e diretor de pesquisas de estratégia de negócios do Columbia Institute for Tele-Information, da Universidade de Columbia, as tendências de verticalização do setor de TV paga e a proliferação de plataformas de vídeo over-the-top (OTT) beneficiam os consumidores, a concorrência e o conteúdo local. No estudo independente financiado pela AT&T e divulgado pela Telecom Advisory Services nesta quarta, 30, na Futurecom, Katz conclui que leis como a do SeAC, no Brasil, agem como barreiras ao desenvolvimento do setor, dificultando a concorrência e prejudicando a proteção do setor audiovisual local.

Ele aponta que o mercado brasileiro é suficientemente competitivo; têm uma demanda natural por conteúdo local inclusive acima do que estabelecem as cotas legais (porque existe uma tendência, não só no Brasil, de valorização de conteúdos nacionais); e tem um dos menores custos por assinante do mundo. Estes são fatores, segundo Katz,  que permitem a aceleração do processo de desregulamentação. O estudo completo pode ser visto aqui.

Leer más: https://teletime.com.br/30/10/2019/para-raul-katz-restricao-a-verticalizacao-prejudica-a-competicao-no-setor-de-tv-paga/

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here