Porto de Santos será conectado com 5G standalone

Ainda não há data para instalação da antena 5G no complexo portuário.

228

Leer en español

O Complexo Portuário de Santos, considerado o maior da América Latina, será conectado com 5G standalone em um projeto piloto, segundo o Ministério das Comunicações. A data de instalação da antena ainda não foi definida.

Os ministros Fábio Faria, das Comunicações, e Tarcísio Freitas, da Infraestrutura, debateram os detalhes em uma reunião nesta semana. “A tecnologia 5G ampliará a conectividade no setor portuário brasileiro. Com isso, iremos otimizar as operações, aumentar a produtividade e contribuir para o crescimento da economia do país”, afirmou Faria.

O porto da cidade paulista é o principal do Brasil, responsável por aproximadamente 25% do comércio exterior brasileiro. Ele opera uma ampla variedade de cargas, como granéis sólidos, líquidos, carga geral solta e conteinerizada.

Com o “5G puro” no porto, será possível monitorar os produtos transportados em tempo real, devido à baixa latência da rede.

Transporte 5G

No Twitter, o ministro das Comunicações acrescentou que os dois discutiram os benefícios da tecnologia nas estradas, rodovias e portos. “Vamos conectar cada canto do país”, disse.

Um dos compromissos para as empresas vencedoras do leilão do 5G é conectar as estradas federais do Brasil com tecnologia 4G ou superior. Dados da Agência Nacional de Telecomunicações mostram que 40,5% da malha rodoviária brasileira possui conexão 4G, o que corresponde a 50,6 mil quilômetros.