Convergencia Digital – Ana Paula Lobo

As redes privadas em 5G – há muitos pilotos em andamento no Brasil, entre eles, o da Neoenergia – não teriam necessidade de esperar o leilão do 5G, agora, previsto para o começo de 2021, mas ainda sob várias interrogações por conta da questão das interferências na faixa de 3,5GHz e do embate geopolítico mundial entre China e Estados Unidos. Para o VP da Qualcomm, Francisco Soares, as redes privadas têm suas frequências pré-determinadas – 100 Mhz em 3,5GHz e 400 MHz na faixa de 27GHz.

“A Anatel fez um bom trabalho nesse processo de distribuição de frequências. Se quiser liberar para as redes privadas não precisa do leilão e teríamos uma avanço”, reforçou Soares, em coletiva de imprensa virtual realizada pela Qualcomm nesta quinta-feira, 06/08, sobre as ondas milimétricas e o 5G. Hélio Oyama, executivo da Qualcomm, reforçou que o 5G em onda milimétrica será o ‘verdadeiro’ 5G. E já há aplicações efetivas que poderiam ser utilizadas, como levar conexão aos estádios de futebol.

Leer más: https://www.convergenciadigital.com.br/cgi/cgilua.exe/sys/start.htm?UserActiveTemplate=site&infoid=54454&sid=8

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here