TIM adverte que possível banimento da Huawei só poderia acontecer no 5G

0
77

Convergencia Digital – Ana Paula Lobo

“É importante organizar o futuro e não reorganizar o passado”, definiu, em teleconferência de resultados do terceiro trimestre, realizada nesta quarta-feira, 04/11,  o VP de Assuntos Regulatórios e Institucionais da TIM Brasil, Mario Girasole, ao falar sobre um possível banimento da Huawei no Brasil, por conta da ligação do governo Bolsonaro ao presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, que disputa a reeleição por mais quatro anos. Não há, até agora, nenhum posicionamento oficial do governo brasileiro com relação à questão,mas é fato que Bolsonaro tem forte ligação com Trump, que faz lobby contra a fabricante chinesa. Para a TIM Brasil, a solução para evitar qualquer dano à arquitetura do 5G  é investir no OpenRAN.

“Nenhum país vai desmontar o passado porque teria um custo muito elevado aos consumidores e ao mercado. A conectividade se tornou essencial com a Covid-19 e não há como correr risco por qualquer situação que se desenhe”, adicionou o presidente da TIM Brasil, Pietro Labriola, que também saiu em defesa ao OpenRAN standalone como a melhor possibilidade de futuro no 5G. Para a TIM, a melhor solução seria a ‘industrial’, ou seja, deixar os atores, no caso as operadoras decidirem o melhor para os seus negócios.

Leer más: https://www.convergenciadigital.com.br/cgi/cgilua.exe/sys/start.htm?UserActiveTemplate=site&infoid=55348&sid=8

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here