TIM e AgTech Garage vão testar aplicações 5G voltadas para o agronegócio

Nesta parceria, as duas empresas buscam startups com propostas de soluções para entrar em operação em 2022.

168

A TIM e o AgTech Garage estão em busca de startups que desejam testar aplicações 5G voltadas para o agronegócio no laboratório da operadora no Rio de Janeiro, no formato de Prova de Conceito. O objetivo é avaliar casos de uso que possam entrar em operação em 2022, após a viabilidade da rede.

“Inovação está em nosso DNA, e quando aliamos isso ao agronegócio e ao futuro da conectividade, com o 5G, acreditamos que estamos dando mais um passo para habilitar negócios e soluções diferenciadas”, disse Janilson Bezerra, diretor de Inovação da operadora. Segundo a TIM, esta é a primeira chamada para projetos no agro em 5G promovida por uma operadora.

No ano passado, a TIM e o AgTech Garage promoveram a iniciativa 4G TIM no Campo, que buscou soluções para controle de pragas, doenças e plantas daninhas. Mais de 50 propostas foram enviadas, e três startups foram selecionadas: a Perfect Flight, Adroit Robotics e Tarvos.

A TIM foi uma das empresas vencedoras do leilão das frequências para o 5G. Ela levou 11 lotes distribuídos entre as faixas de 3,5 GHz, 2,3 GHz e 26 GHz pelo valor ofertado total de R$ 1,05 bilhão.