Teletime – Samuel Possebon

A TIM apresentou um novo estudo ao Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica) para reforçar seu pedido para que o tribunal concorrencial imponha condicionantes à compra da Nextel pela Claro. Trata-se de um estudo elaborado pelo CPqD por encomenda da operadora analisando as formas alternativas complementares de otimização de uso do espectro que, segundo a primeira análise concorrencial do Cade, seriam suficientes para minimizar a diferença na quantidade de espectro controlado pelas operadoras. A TIM recorreu contra esta decisão e o Cade decidiu aprofundar as análises. A íntegra do estudo do CPqD está disponível neste link.

Nas palavras do próprio CPqD, sua análise visa a “análise teórica de um conjunto de técnicas existentes que permitem o aumento da capacidade de tráfego nas redes de acesso (Radio Access Network – RAN) e a avaliação dos ganhos obtidos com as estratégias de racionalização no uso do espectro licenciado de forma a mitigar cenário de menor disponibilidade de espectro para as operadoras de telefonia celular”.

Leer más: https://teletime.com.br/27/11/2019/tim-leva-ao-cade-estudo-do-cpqd-para-reforcar-tese-de-concentracao-de-espectro/

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here