TIM, Vivo e Claro divergem sobre obrigação de uso de Release 16 no edital do 5G

0
56

Teletime – Marcos Urupá

As divisões entre as empresas de telecomunicações em relação ao edital de 5G ficaram evidentes na reunião ao vivo do grupo de trabalho da Câmara dos Deputados que acompanha o tema. No encontro, Vivo, Claro e TIM divergiram sobre a imposição do Release 16 na rede de 5G brasileira, prevista entre as regras da faixa de 3,5 GHz na proposta de edital trazida pelo conselheiro Carlos Baigorri na semana passada. A reunião aconteceu na tarde desta quarta-feira, 10.

Fábio Andrade, VP de Relações Institucionais da Claro, apontou que a obrigatoriedade de implantar redes baseadas no Release 16 ou standalone (AS) vai atrasar o leilão das faixas de frequência do 5G. “Essa rede standalone não é usada em nenhum lugar do mundo e não possui um preço razoável para ser comercializada, no momento, no Brasil”, afirmou Andrade. Segundo o executivo, as operadoras terão todas as tecnologias demandadas pelos consumidores no momento certo, quando houver modelos de negócio e preços compatíveis com a realidade brasileira.

Leer más: https://teletime.com.br/10/02/2021/tim-vivo-e-claro-divergem-sobre-obrigacao-de-uso-de-release-16-no-edital-do-5g/

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here