Vale e Nokia devem inaugurar laboratório 5G ainda neste ano

Em parceria com a USP, o local será utilizado para testar aplicações de indústria 4.0.

0
278

Leer en español

A mineradora Vale, em conjunto com a Nokia e a Universidade de São Paulo (USP), estão investindo em um laboratório 5G para testar casos de uso para as operações da empresa. Segundo Marcia Costa, gerente executiva de Infraestrutura de Tecnologia da Vale, o local deve começar a funcionar no terceiro trimestre deste ano.

Em um evento sobre o 5G na América Latina nesta terça-feira, 27, Costa comentou que a companhia terá a liberação parcial até o final de junho para abrir o laboratório em seguida.

As aplicações de indústria 4.0 que serão estudadas envolvem automação, uso de robôs e detecção de anomalias. “São casos de uso que vão trazer mais valor para as operações da Vale”, afirmou a gerente.

A mineradora também está aproveitando as ferramentas já possibilitadas pelo sinal 4G. Em julho do ano passado, por exemplo, a Nokia e a Vivo anunciaram a construção de uma rede privada para a Vale.

O projeto permitiu a implantação de equipamentos de perfuração e caminhões autônomos, que garantem a segurança dos trabalhadores, além de melhorar a comunicação entre os funcionários.

De acordo com Costa, a mineradora ainda possui um plano de implementação de conectividade 4G de três anos. Essas aplicações também podem gerar um aumento de produtividade da companhia, que será potencializado com o 5G no futuro.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here